Home, Asia, Europe, North America, Latin America and Caribbean, Oceania, Notícias, Mapa do site

FR
ES
PT
Início / Articles (WORLD) / A Revisão Periódica Universal - RPU
lendo mapa..

Contribuidores

anonymous contributorPublicado anonimamente. (Francês)
anonymous contributorPublicado anonimamente. (Espanhol)
anonymous contributorPublicado anonimamente. (Português)

Facebook

A Revisão Periódica Universal - RPU

in WORLD, 18/04/2011

A Revisão Periódica Universal (RPU) é uma nova ferramenta utilizada pela ONU desde 2006 para monitorar o respeito aos direitos humanos nos países-membros. A cada ano, 48 países são analisados por seus pares. Em um período de quatro anos, todos os 192 estados-membros terão sido analisados. Esta revisão consiste em quatro etapas principais: elaboração de relatórios; diálogo interativo com outros estados-membros; adoção das recomendações; implementação e acompanhamento. Os diferentes procedimentos envolvem os Estados, organizações não-governamentais locais e internacionais, órgãos que atuam no campo dos direitos humanos e outros interessados no assunto. O Conselho de Direitos Humanos começou o segundo ciclo de análise dentro do sistema da RPU. Em princípio, o segundo ciclo terá início a partir de junho de 2012.

Uma série de entrevistas de ativistas sobre a RPU

Entrevista com Yuli Rustinawati: "Análise periódica universal e direitos LGBTI: Indonésia"

Yuli Rustinawati é uma das fundadoras e dirigentes da Arus Pelangi (organização LGBT indonésia de âmbito nacional) e uma das dirigentes nacionais do Forum LGBTIQ Indonesia. É licenciada em Economia e foi membro da Associação Indonésia de Assistência Jurídica e Direitos Humanos (PBHI). Em 2005, colaborou com a Rede da ASEAN para as Eleições Livres, como observadora, nas eleições legislativas do Afeganistão.

Português Francês Inglês Espanhol

Entrevista com Anna Kirey: “A Revisão Periódica Universal (RPU), uma nova ferramenta da ONU para monitoramento dos Direitos Humanos LGBTI: o Quirguistão e os países da antiga União Soviética. ”

Anna Kirey é uma ativista da antiga União Soviética que tem ocupado posições de liderança na “Labrys”, organização LGBTI com base em Bishkek, Quirguistão. Ela também tem atuado junto a organizações de mulheres e tem um grande interesse pela perspectiva de gênero no âmbito de diferentes estruturas sociais. Atualmente, Anna está finalizando seu mestrado em Estudos Russos e Eurasianos na University of North Carolina (Universidade da Carolina do Norte), em Chapel Hill.

Português Francês Inglês Espanhol


Entrevista com Rowland Jide Macaulay
: "A Revisão Periódica Universal, uma nova ferramenta da ONU para monitorar o respeito aos direitos humanos das pessoas LGBTI: Nigéria y paises africanos"

Rowland Jide Macaulay é fundador e Diretor de Projetos da House of Rainbow Fellowship em Londres e em Lagos, Nigéria. Foi escolhido para representar a Região Africana da ILGA em 2007 e como representante alternativo da Africa no Comitê internacional da ILGA. O principal objetivo de sua organização e REACH OUT e apoiar as minorias sexuais. Nascido em Londres de origem anglo–nigeriana, Rowland Jide Macaulay é formado em Direito, e Mestre em educação. Ordenado ministro em 1998, é também autor, poeta, e um pregador dinâmico e inspirado. Macaulay aborda a inclusão e a reconciliação entre sexualidade,espiritualidade e direitos humanos. Colabora com diversas publicações cristãs e seculares, recebeu diversos prêmios incluindo o de “Gay Man do Ano”, conferido pela Black LGBTI Community por seu trabalho junto às pessoas LGBTI religiosas.

Português Francês Inglês Espanhol


Entrevista com Kenita Placide
: "A Revisão Periódica Universal, uma nova ferramenta da ONU para monitorar o respeito aos direitos humanos das pessoas LGBTI: Santa Lucia"

Kenita Placide é Co-Diretora Executiva do grupo “United and Strong, Inc.”, criado em 2001 em Santa Lucia. Ela é ativista e defensora dos direitos humanos dos cidadãos LGBTI de Santa Lucia e, desde 2010, exerce também o cargo de Co-Secretária Geral de CARIFLAGS, a rede LGBT da região do Caribe. Além disto, Kenita realizou trabalhos de advocacy para pessoas vivendo com HIV, e também participou de programas de prevenção ao HIV. Em dezembro de 2010, foi eleita suplente para o cargo de Co-Secretária Geral da ILGA.

Português Francês Inglês Espanhol
 


Bookmark and Share