O lançamento veio um depois do dom Leonardo Steiner, secretário-geral e porta-voz da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), afirmar que homossexuais que decidem morar juntos precisam de amparo legal.

Além de discriminação contra LBGTS, a campanha Zero Discriminação também fala sobre preconceito de gênero, raça, idade e sexualidade.

"Dom Leonardo falou sobre o respeito a outras pessoas, à não-discriminação, e que, como qualquer outra associação civil, (os homossexuais) devem ter seus direitos garantidos", disse Dom Orani Tempesta, cardeal do Rio de Janeiro.

Subscribe to our newsletters

Get updates on LGBTI rights issues, and on our work to support LGBTI civil society worldwide