Home, Asia, Europe, North America, Latin America and Caribbean, Oceania, Notícias, Mapa do site
lendo mapa..

BRAZIL

Relações entre homens: Legal
Punição para relações entre homens: Não há nenhuma lei
Relações entre mulheres: Legal
Idade de consentimento: Igual para heterossexuais e homossexuais
Casamento civil e substitutos de casamento: Substituto igual ou quase igual ao casamento e reconhecido a nível nacional

Your Views

Você é LGBTI? Queremos sua(s) opiniões! Ajude-nos a informar outros usuários com sua opinião acerca deste país. Segue abaixo uma pergunta aleatória sobre este país. Caso a considere relevante, por favor, responda.

Você submeteu-se a procedimentos médicos neste país ( BRAZIL ) para transição física relacionada à identidade de gênero?

A maioria dos visitantes deste site disseram Não

Sim, e o tratamento foi excelente (0 %) Sim, mas o tratamento foi medíocre (0 %) Sim, mas o tratamento foi ruim (0 %) Não (100%)

A seção de experiência vivida é toda sobre você! Compreendemos que a realidade de um país pode ser muito diferente das leis existentes em tal país e que as pessoas que lá vivem podem dar um retrato melhor disso através de suas próprias experiências. Nesta página você encontrará experiências vividas por leitores e adicionar sua própria.

SUAS HISTÓRIAS
Publique / adicione uma nova história a esta seção

Experiências do Leitores

Isto é o que as pessoas dizem acerca da realidade de vida para pessoas LGBTI neste país ( BRAZIL )...
link / elo permanente
Aqui em nosso país, há uma restrição para que os homossexuais não doem sangue. Desde Novembro do ano passado, deflagramos uma campanha de doação de sangue, a partir dos membros da nossa ONG, informando nas rádios e jornais que não existe sangue bom ou ruim, existe sangue oriundo de comportamento de risco que tanto pode ser de heterossexuais ou não.
Comente a história
link / elo permanente
Aqui em nosso país, há uma restrição para que os homossexuais não doem sangue. Desde Novembro do ano passado, deflagramos uma campanha de doação de sangue, a partir dos membros da nossa ONG, informando nas rádios e jornais que não existe sangue bom ou ruim, existe sangue oriundo de comportamento de risco que tanto pode ser de heterossexuais ou não.
Comente a história
Comente a história
Bookmark and Share