Home, Asia, Europe, North America, Latin America and Caribbean, Oceania, Notícias, Mapa do site
Início / Articles (WORLD) / ILGA transferirá suas atividades para Genebra a partir da primavera de 2014.
lendo mapa..

Contribuidores

Communication ILGA Communication ILGA
Communication ILGA Communication ILGA(Francês)
anonymous contributorPublicado anonimamente. (Espanhol)
anonymous contributorPublicado anonimamente. (Português)

Facebook

Por favor tenha em conta que isto é uma tradução, como tal pode haver algumas pequenas diferenças. Melhore esta tradução
marcado com: ilga
ILGA transferirá suas atividades para Genebra a partir da primavera de 2014.

in WORLD, 06/11/2013

A Diretoria Executiva da Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexo (ILGA) decidiu transferir as atividades da organização de Bruxelas para Genebra a partir da primavera de 2014 (hemisfério norte), ou seja, no outono (hemisfério sul).

 

México e Japão, 04 de novembro, 2013 - Para divulgação imediata:

 

ILGA transferirá suas atividades para Genebra na primavera de 2014.

A Diretoria Executiva da Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexo (ILGA) decidiu transferir as atividades da Organização de Bruxelas para Genebra a partir da primavera de 2014 (hemisfério norte), ou seja, no outono (hemisfério sul).

Este passo histórico permitirá à ILGA ampliar e aprimorar seu trabalho de advocacy junto à ONU, fazendo uso mais extensivo do seu status consultivo no Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ECOSOC) e agregando novas forças à equipe já instalada na sede do grupo Dialogai, situada à Rue de La Navigation, em Genebra, para benefício de todas as organizações-membro e do movimento LGBTI internacional.

Gloria Careaga, Co-Secretária Geral da ILGA, afirmou: ”A mudança para Genebra é muito estimulante, e a proximidade com o Conselho de Direitos Humanos da ONU propiciará aos membros da ILGA muitas oportunidades para melhor compreenderem a dinâmica internacional das negociações intergovernamentais. Mas, sobretudo, lhes dará a oportunidade de realizarem um trabalho muito mais efetivo no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas”.

Azusa Yamashita, Co-Secretária Geral da ILGA declarou: “A ILGA tem apoiado um número cada vez maior de seus membros envolvidos no trabalho de “advocacy” junto à ONU”. Acredito que a transferência de nossas atividades para Genebra ajudará de forma efetiva a atuação da ILGA e seus membros e influenciará positivamente o movimento LGBTI internacional’.

 

Bookmark and Share