Home, Asia, Europe, North America, Latin America and Caribbean, Oceania, Notícias, Mapa do site



PT
Início / América Latina E Caribe / Chile / Articles / Candidato da direita chileno defende homossexuais no Governo
lendo mapa..

Contribuidores

anonymous contributorPublicado anonimamente. (Português)

Facebook

marcado com: forças armadas
Candidato da direita chileno defende homossexuais no Governo

in CHILE, 18/11/2009

O candidado da direita às presidenciais chilenas, apontado como favorito à vitória, disse ontem ser favorável à presença de homossexuais no seu Governo e nas Forças Armadas.

"Sim", disse Sebastián Piñera, quando foi questionado num debate televisivo sobre se aceitaria nomear um ou uma ministra homossexual.

No caso das Forças Armadas, "também, mas na medida em que a sua missão e funções de membros das forças armadas seja cumprida", acrescentou. "Acredito numa sociedade que recebe e integra, não que exclui e sanciona".

A presença de um homossexual no Governo seria uma revolução no Chile, um país católico onde a homossexualidade ainda é um tabu na vida pública, por causa da discriminação. Há alguns dias, a presença de um casal gay num tempo de antena de Piñera tinha causado mal-estar dentro dos seus apoiantes - da direita moderada à mais conservadora.

"Penso que o casamento deve ser entre um homem e uma mulher que se complementam para formar uma família, mas tenho consciência que dois milhões de chilenos e chilenas vivem como um casal sem serem casados e merecem o respeito e a protecção dos seus direitos", disse Piñera, que defende uma espécie de união de facto, que abrangeria os gays.
 

Bookmark and Share