Home, Asia, Europe, North America, Latin America and Caribbean, Oceania, Notícias, Mapa do site
Início / Europa / Switzerland / Articles / Membros da ILGA em Genebra
lendo mapa..

Contribuidores

anonymous contributorPublicado anonimamente. (Inglês)
anonymous contributorPublicado anonimamente. (Francês)
anonymous contributorPublicado anonimamente. (Espanhol)
anonymous contributorPublicado anonimamente. (Português)

Facebook

marcado com: nacoes unidas
Membros da ILGA em Genebra

in SWITZERLAND, 22/04/2004

Yves de Matteis

Professor de línguas, Yves vive em Genebra, na Suíça de língua francesa ou Romandia.

Durante 15 anos êle defendeu os direitos LGBT, pricipalmente a lei sôbre o partenariado, e em seguida extendeu seus interêsses à outros campos : handicaps, luta contra o racismo, pessoas sem documentos, etc.

Delegado para participar às conferências mundiais da ILGA, êle fundou o Grupo gay internacional, uma estruturando que reuniu gays de 90 países.

Responsável pelas manifestações políticas de várias Prides, encontrou-se envolvido na política local como membro do Comité dirigente genebrino dos Verdes, que êle representa também no conselho de fundação da Opera de Genebra.

A Suíça num piscar de olhos…

Após a publicação em 1836 de um livro sôbre o "amor entre os homens gregos", os anos 1930 assistiram à uma irrupção de movimentos e magazines, como "Der Kreis"- o Círculo. Acolhendo durante a guerra entre outros Magnus Hirschfeld (1932-33), a Suíça depenalizou a homossexualidade em 1942 e extendeu a todos a igualdade da idade de consentimento em 1992.

Desde 2000 a nova Constituição proibe a discriminação do "modo de vida" - incluindo L & G e a fortiori bissexuais e pessoas transgênero. A primeira lei sôbre o Partenariado entrou em vigência a nível cantonal em Genebra (2001), seguida por Zurich e Neuchâtel.

Espera-se uma lei sôbre o Partenariado nacional (federal) para 2004/5.

Associação 360° : questão de abertura

A Associação 360° foi fundada em 1998 em Genebra por pessoas tendo trabalhado juntas na organização da Pride 1997. Além de lésbicas, gays, bissexuais e pessoas transgênero (1° "T" grupo na Romandia) a associação acolhe heterossexuais o que justifica seu nome: 360°, um máximo de abertura.

360° acolhe 3 polos:
1) o magazine 360° - publicação mensal, distribuída nos locais LGBT, quiosques e por subscrição.
2) 360° Fever - polo festivo que subvenciona a associação através de festas e acontecimentos.
3) Espace 360° - o polo social que fornece assistência jurídica e psicológica, contando com uma dezena de grupos variados (v.
www.360.ch ,).

Durante a última sessão da Comissão dos Direitos humanos/ONU o local da associação foi pôsto à disposição das pessoas delegadas participantes da sessão, e que necessitavam de material informático para trabalhar.

Yves e a resolução onusiana

Durante a última sessão da Comissão dos Direitos humanos/ONU, Yves encarregou-se da hospedagem e de assistir em Genebra as pessoas delegadas para participar dos trabalhos da Comissão.Junto com outros delegado-a-s tomou parte de vários meetings, inclusive com Mike Smith, secretário da Comissão, outros diplomatas e o GRULAC. Yves também trabalhou no sentido de convencer a Suíça a pedir a inclusão da questão das pessoas transgênero na resolução Brasileira, infelizmente sem resultado.

No ano passado, Yves foi uma das raras testemunhas da totalidade do processo em torno da dita resolução.


Trad. : Benta-Giselda Fernandes
LESTIME* / Genève
*(LESTIME - communauté lesbienne de Genève, membre de l'ILGA)
22/juin/2004





Bookmark and Share