Home, Asia, Europe, North America, Latin America and Caribbean, Oceania, Artículos, Mapa del sito
Cargando el mapa ...

BRAZIL

Relaciones entre varones: Legal
Castigos para las relaciones entre varones: No hay ley
Relaciones entre mujeres: Legal
Edad de consentimiento sexual: Igual para heterosexuales y homosexuales
Matrimonio y sucedáneos del matrimonio: El sucedáneo del matrimonio es igual o casi igual; está reconocido en ámbito nacional

Your Views

Eres una persona LGBTI? Queremos saber de ti! Ayudanos a informar a otros usuarios del sitio con tus puntos de vista sobre este país. Adjunto está un cuestionario aleatorio. Si te es relevante, entonces por favor contéstalo.

¿Eres abierto acerca de tu estatus de VIH/SIDA en BRAZIL?

La mayor parte de la gente que ha visitado este sitio ha dicho

Sí (80%) Sí, pero no en el trabajo (0 %) Sí, pero solamente con mis amigos (20%) Sí, pero solamente con mi familia (0 %) Sí, pero solo con mis amigos y mi familia (0 %) No. (0 %)

¡La sección Tu historia es acerca de ti! Por favor toma un minuto para contar a los visitantes del sitio de ILGA sobre lo que es en realidad la vida LGBTI. ¡Por favor envía tu historia personal y comparte tu experiencia! No hay necesidad de registrarse en el sitio electrónico, y tu historia será completamente anónima.

TÚ HISTORIA
Coloca una nueva historia en esta sección

Experiencias de los lectores

Esto es lo que la gente dice acerca de la vida para las personas LGBTI en BRAZIL...
joao w nery (Actualmente residente en BRAZIL) Publicado para transgénero Lectores y lectoras on 15/04/2013 tagged with identidad de gĂŠnero +5
Enlace
João W. Nery Nasceu no Rio em 1950 e viveu até os 27 anos com um corpo de anatomia feminina. Formou-se em Psicologia e especializou-se em Sexologia, foi mestrando e lecionou em três universidades, além de ter mantido um consultório de psicoterapia. Aos 37 anos, assumiu a paternidade de seu filho não biológico. Hoje, este filho está com 25 anos, formado em Engenharia.
É considerado o primeiro homem transexual operado no Brasil, quando as cirurgias ainda não eram legalizadas, durante a ditadura, em 1977. Por falta de uma legislação própria para a condição transexual, tirou nova documentação por conta própria, para poder se articular socialmente. Com a nova identidade masculina, perdeu todos os seus direitos anteriores, inclusive o seu currículo escolar e profissional, tornando-se um analfabeto. Passou então a exercer várias profissões para poder sobreviver: pedreiro, vendedor, cortador de confecção de roupas, massagista de shiatsu .
É autor de dois livros autobiográficos, "Erro de Pessoa - Joana ou João" (1984, Editora Record) e "Viagem Solitária - Memórias de um Transexual 30 anos depois" (2011, Editora Leya) . Conta sua história no primeiro e faz uma atualização e continua sua história no segundo. Antonio Houaiss, prefaciando a primeira publicação, concluiu assim: “Leiam e humanizem-se”.
Entre os integrantes desta história está o professor Darcy Ribeiro, considerado seu mentor intelectual.
O livro Viagem Solitária já foi agraciado duas vezes: Prêmio Astra – da Associação de Travestis e Transexuais do RJ(2011) e pelo Prêmio da 10ª Parada Gay de São Paulo (2012).
Após a publicação do seu segundo livro, João W. Nery foi convidado a dar seu depoimento para vários programas de televisão (De frente com Gabi, Superpop, Programa do Jô, A Liga, Balanço Final, Provocações, Canal Fiocruz entre outros) e alcançou visibilidade nacional. Deu entrevistas para jornais e revistas de circulação nacional e internacional e tem participado como palestrante em congressos, seminários e mesas redondas pelo Brasil, divulgando sua história e contribuindo para a reflexão sobre a diversidade sexual e seus direitos.
Añadir comentario
joao w nery (Actualmente residente en BRAZIL) Publicado para transgénero Lectores y lectoras on 15/04/2013 tagged with identidad de gĂŠnero +5
Enlace
João W. Nery Nasceu no Rio em 1950 e viveu até os 27 anos com um corpo de anatomia feminina. Formou-se em Psicologia e especializou-se em Sexologia, foi mestrando e lecionou em três universidades, além de ter mantido um consultório de psicoterapia. Aos 37 anos, assumiu a paternidade de seu filho não biológico. Hoje, este filho está com 25 anos, formado em Engenharia.
É considerado o primeiro homem transexual operado no Brasil, quando as cirurgias ainda não eram legalizadas, durante a ditadura, em 1977. Por falta de uma legislação própria para a condição transexual, tirou nova documentação por conta própria, para poder se articular socialmente. Com a nova identidade masculina, perdeu todos os seus direitos anteriores, inclusive o seu currículo escolar e profissional, tornando-se um analfabeto. Passou então a exercer várias profissões para poder sobreviver: pedreiro, vendedor, cortador de confecção de roupas, massagista de shiatsu .
É autor de dois livros autobiográficos, "Erro de Pessoa - Joana ou João" (1984, Editora Record) e "Viagem Solitária - Memórias de um Transexual 30 anos depois" (2011, Editora Leya) . Conta sua história no primeiro e faz uma atualização e continua sua história no segundo. Antonio Houaiss, prefaciando a primeira publicação, concluiu assim: “Leiam e humanizem-se”.
Entre os integrantes desta história está o professor Darcy Ribeiro, considerado seu mentor intelectual.
O livro Viagem Solitária já foi agraciado duas vezes: Prêmio Astra – da Associação de Travestis e Transexuais do RJ(2011) e pelo Prêmio da 10ª Parada Gay de São Paulo (2012).
Após a publicação do seu segundo livro, João W. Nery foi convidado a dar seu depoimento para vários programas de televisão (De frente com Gabi, Superpop, Programa do Jô, A Liga, Balanço Final, Provocações, Canal Fiocruz entre outros) e alcançou visibilidade nacional. Deu entrevistas para jornais e revistas de circulação nacional e internacional e tem participado como palestrante em congressos, seminários e mesas redondas pelo Brasil, divulgando sua história e contribuindo para a reflexão sobre a diversidade sexual e seus direitos.
Añadir comentario
Anca (Actualmente residente en SURINAME) Publicado para Lectores y lectoras on 09/10/2013
Enlace
I'm impressed by Shaun's opneenss, as well as the class of the commenters here, who were able to reach out to him with the truth without driving him away.He points up a problem that a lot of good men have when first encountering Game: to a large extent, the techniques that you need to apply to get a good woman to marry you and stay with you are the same techniques you would use to get strippers to come over to your place for threesomes. The good (especially Christian) man looks at that and figures there must be something wrong with methods that could be used in such a sinful way, and rejects the whole thing. He declares that God wouldn't want us using techniques which can also be used to sin, therefore the whole thing must be false -- or if it's true, it can't be the only way, and there must be some other Christian-safe method for attracting a mate.We've been trained to think that women are inherently good, so when they do something hurtful to themselves or others, it's because they're ill, confused, misled, abused, etc. This is behind the, "If not for feminism, we wouldn't need game," argument, among others. An unspoiled Good Girl would have no interest in Bad Boys, and would happily settle down with the nicest Christian provider who comes along. So if he can just find a woman who hasn't been corrupted by her environment -- or if he can figure out how to fix one that's messed up, probably by being super-nice to her -- then she'll be attracted to his niceness without needing to be "manipulated" by Game.Another problem is, let's face it: there *is* a lot of anger and crudeness toward women that shows up on many Game sites of the PUA/MGTOW variety. If he's read about Game in the mainstream, he's been told that it's a bunch of guys who either hate women, or just want to get laid, or both. If he's curious enough to check it out, a lot of sites out there will only confirm those suspicions before he digs deep enough to see what's under the surface.That's a lot to get past, so it's encouraging to see it happen here.
Añadir comentario
Vladimir (Actualmente residente en WESTERN SAHARA) Publicado para Lectores y lectoras on 09/10/2013
Enlace
Realmente largo y arduo el trabajo que se tiene por<a href="http://dzyaawtnrzh.com"> dtenale</a> y todas las personas involucradas en el mundo del libro, comenzando por los autores, deberedamos involucrarnos.Saludos
Añadir comentario
Sabah (Actualmente residente en LUXEMBOURG) Publicado para Lectores y lectoras on 11/10/2013
Enlace
Muy bueno! Yo te digo que a veces dudo de poder especificar una fanica poledtica saciol unificada porque hay res poledticos, clases econf3micas y culturales que es dificil saber que9 piensan todos y englobarlos e algo solo. Me leed tu artedculo mientras comeda y eso me hizo pensar en que9 poledtica adopta Estados Unidos con todas las diferencias e9tnicas qu tiene en su paeds conviviendo. Esma apasionante!Gonza http://wymneoutvr.com [url=http://rtjwtqchads.com]rtjwtqchads[/url] [link=http://lfktsludeui.com]lfktsludeui[/link]
Añadir comentario
Desy (Actualmente residente en KYRGYZSTAN) Publicado para Lectores y lectoras on 12/10/2013
Enlace
Hola muy bonito el jarrf3n con las <a href="http://nhrzeyigdu.com">camileas</a>, un conjunto precioso y que lo disfruten todas las Pilares, nosotros ya lo disfrutamos vie9ndolo. EL PILAR FUE Y SERA MI PATRONA PUES ES LA PATRONA DE CORREOS, y yo estoy retirada DE CORREOS. Un beso Milita.
Añadir comentario
Luphiiz (Actualmente residente en FINLAND) Publicado para Lectores y lectoras on 13/10/2013
Enlace
Hello dear I think your blog on a show, so you're getting an intviation to a tea, a special stamp that the bloggers in Brazil use to mark a blog that she likes, go, there to receive this special intviation seal and move forward http://ykjsazm.com [url=http://fwphgycqk.com]fwphgycqk[/url] [link=http://nfotsvj.com]nfotsvj[/link]
Añadir comentario
Kaley (Actualmente residente en SOUTH AFRICA) Publicado para Lectores y lectoras on 05/03/2014
Enlace
Exemplary damages. Exemplary damages are designed to penalize wrongdoers who purposefully participate in despicable misconduct. Occasionally exemplary damages are also granted for gross negligence, which can be defined as nonperformance so terrible that punishment is deserved by QuotesChimp. Exemplary damages are seldom a problem in auto accident cases, and auto insurances typically will not pay for honours of exemplary damages. Although they will be covered in Section 42, therefore, we will not discuss them farther here.
Añadir comentario
Añadir comentario
Bookmark and Share