Home, Asia, Europe, North America, Latin America and Caribbean, Oceania, Notícias, Mapa do site



PT
Início / América Do Norte / United States / Articles / Pioneiro jornal para público gay encerra operações nos EUA
lendo mapa..

Contribuidores

anonymous contributorPublicado anonimamente. (Português)

Facebook

marcado com: multimedia e internet
Pioneiro jornal para público gay encerra operações nos EUA

in UNITED STATES, 17/11/2009

Uma publicação pioneira na informação dirigida à comunidade homossexual e transexual dos Estados Unidos, "The Washington Blade" encerrou nesta segunda-feira as operações, diante do fechamento de parte da editora do país especializada no segmento.

Fundado em 1969, o jornal que começou como um folhetim de uma só página no Distrito de Columbia, comemorou no mês passado seu 40º aniversário. Os responsáveis pelo periódico anunciaram o fechamento por meio de uma mensagem no Twitter, no qual agradeceram o apoio dos leitores.

Além do "The Washington Blade", também encerraram as atividades nesta segunda-feira as publicações "South Flórida Blade", "Houston Voice" e "Southern Voice of Atlanta" (Geórgia), todas elas editadas pela companhia Window Media. Apesar das dificuldades financeiras da companhia não serem nenhum segredo, os responsáveis pelos jornais consideraram o fechamento como repentino.

Kevin Naff, editor-chefe do "Washington Blade", disse ao "The New York Times" que soube do fechamento nesta manhã, quando ele e seus companheiros encontraram dois funcionários da companhia que os esperavam na chegada à redação. "Não é uma completa surpresa. Foi surpreendente e abrupto como ocorreu", acrescentou.

Os profissionais da redação do "The Washington Blade" não planejam abandonar a atividade, e já têm em mente um novo projeto dirigido aos 500 leitores que visitavam mensalmente seu site. "O pessoal de "Blade" está unido e preparado para continuar a missão do periódico", disse Naff a uma revista.

"Na terça-feira teremos a primeira reunião de nosso novo projeto, e gostaríamos de contar com as opiniões da comunidade", afirmou.

Bookmark and Share